Mayana Neiva
Atriz

SOBRE

Mayana Neiva descobriu sua vocação para atuar ainda no ensino médio, quando estudava nos EUA. Quando voltou para o Brasil, com 19 anos, Mayana foi coroada Miss Paraíba em 2003 e foi representar seu estado no Miss Brasil. Apesar de não trazer a coroa, ela recebeu a faixa de Miss Simpatia. Em seguida, se mudou para São Paulo para se dedicar à carreira de atriz.

Além de atriz, Mayana se graduou em 2009 no curso de Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Ela também é formada em Artes Dramáticas pela Universidade de San Francisco, na Califórnia, Estados Unidos e em agosto de 2011, Mayana lançou seu primeiro livro infanto-juvenil, Sofia. A artista é formada em Letras pela PUC-SP.

A estreia na TV Globo aconteceu em 2007, na minissérie A Pedra do Reino, de Luiz Fernando Carvalho. Em seguida, engatou em um trabalho em outro, como em Queridos Amigos (2008), Som & Fúria (2009), Dalva e Herivelto – Uma Canção de Amor (2010). Fez a modelo Desirée na novela Ti-Ti-Ti, integrou o elenco de Cordel Encantado (2011) e foi a grande vilã de Amor Eterno Amor (2012). Atuou, ainda, nas novelas Sangue Bom (2013), O Outro Lado do Paraíso (2017) e Éramos Seis (2019–20).

Nos palcos, sua estreia aconteceu em 2001, com a peça Hello Boy, ganhando o prêmio de Atriz Revelação na Mostra Estadual de Teatro e Dança da Paraíba. No ano seguinte atuou na montagem Paixão de Cristo: O Auto de Deus (2002) e fez, e em seguida, os espetáculos A Cantora Careca (2003), Olerê! Olará! (2009) e Cowboy Mouth (2014).

A atriz tem uma premiada carreira no cinema, tendo feito longas brasileiros e estrangeiros, como O Silêncio da Chuva (a ser lançado), de Daniel Filho, Águas Selvagens (2018), de Roly Santos, Para Minha Amada Morta (2015), dirigido por Aly Muritiba, que lhe rendeu o prêmio de melhor atriz no Festival Guarnicê, O Tempo que Leva (2013), curta de Cíntia Domit Bittar, 2013) e Infância Clandestina” (Benjamín Avila, 2011). Fez, ainda, a série Rotas de Ódio como protagonista (Universal, 2019-20), e outras como Encerrados (Netflix Espanha, Argentina, EUA, 2018) e El Hipnotizador (HBO, 2015).

 

CINEMA

Longas-metragens

  • Silêncio da Chuva | a ser lançado | Direção: Daniel Filho
  • Águas Selvagens | 2018 | Direção: Roly Santos | Personagem: Rita
  • Beiço de Estrada | 2018 | Direção: Eliézer Rolim | Personagem: Dora
  • Para Minha Amada Morta | 2015 | Direção: Aly Muritiba | Personagem: Raquel
  • O Vendedor de Passados | 2015 | Direção: Lula Buarque | Personagem: Stella
  • Infância Clandestina | 2011 | Direção: Benjamin Avila | Personagem: Carmem
  • Os Normais 2: A noite mais Maluca de Todas | 2009 | Direção: José Alvarenga Júnior | Personagem: Francesa

Curtas-metragens

  • Idée Fixe | 2016 | Direção: Nidheya Suresh e Ahlan Williams | Personagem: Oja Kadar
  • O Tempo Que Leva | 2013 | Direção: Cíntia Domit Bittar | Personagem: Jamila

TELEVISÃO

Novelas

  • Éramos Seis | 2019 | TV Globo – Direção: Carlos Araújo | Personagem: Karine
  • O Outro Lado do Paraíso | 2017 | TV Globo – Direção: Walcyr Carrasco | Personagem: Leandra
  • Sangue Bom | 2013 | TV Globo – Direção: Dennis Carvalho | Personagem: Charlene
  • Amor Eterno amor | 2012 | TV Globo – Direção: Pedro Vasconcelos | Personagem: Maria do Amparo e Falsa Elisa
  • Cordel Encantado | 2011 | TV Globo – Direção: Amora Mautner | Personagem: Vicentina
  • TiTiTi | 2010 | TV Globo – Direção: Jorge Fernando | Personagem: Desirée

Séries

  • Rotas de Ódio | 2018–20 | Universal – Direção: Susanna Lira | Personagem: Carolina Ramalho
  • A Vida Secreta dos Casais | 2018 | HBO – Direção: Carlos Alberto Riccelli | Personagem: Cassandra
  • Encerrados | 2018 | Netflix – Direção: Benjamin Avila | Personagem: Prostituta
  • O Hipnotizador | 2015 | HBO – Direção: José Eduardo Belmonte | Personagem: Mariela
  • Derci de Verdade | 2012 | TV Globo – Direção: Dennis Carvalho | Personagem: Olímpia
  • Batendo Ponto | 2011 | TV Globo – Direção: José Lavigne | Personagem: Vitória Guimarães
  • Dalva e Herivelto | 2010 | TV Globo – Direção: Dennis Carvalho | Personagem: Conceição Sílvia Torelly
  • Som & Fúria | 2009 | TV Globo – Direção: Fernando Meirelles | Personagem: Fada Madrinha
  • Queridos Amigos | 2008 | TV Globo – Direção: Denise Saraceni | Personagem: Karina
  • Pedra do Reino | 2007 | TV Globo – Direção: Luiz Fernando Carvalho | Personagem: Heliana e Onça Caetana.

TEATRO

  • Cowboy Mouth | 2014
  • Olerê! Olará! | 2009
  • A Cantora Careca | 2003
  • Paixão de Cristo: O Auto de Deus | 2002
  • Hello Boy! | 2001

LITERATURA

  • Sofia | 2011 | Editora Grafset

PRÊMIOS

  • Indicada a Melhor Atriz no Festival Guarani de Cinema | 2017 | Longa Para Minha Amada Morta
  • Melhor Atriz no Festival Guarnicê de Cinema | 2016| Longa Para Minha Amada Morta
  • Melhor Atriz no Festival Cinema com Farinha | 2014 | Curta O Tempo Que Leva
  • Atriz Revelação no Prêmio Qualidade Brasil | 2010 | Novela TiTiTi
  • Melhor Atriz Coadjuvante pelo Prêmio Contigo! de TV | 2010 | Novela TiTiTi
  • Atriz Revelação no Melhores do Ano da TV Globo | 2010 | Novela TiTiTi
  • Indicada a Atriz Revelação no Prêmio Contigo! de TV | 2008 | Minissérie Queridos Amigos
  • Indicada ao Miss Brasil  | 2003
  • Miss Paraíba | 2003
  • Melhor Atriz no Festival de Teatro de Guaçuí | 2001 | Peça Hello Boy
  • Atriz Revelação na Mostra Estadual de Teatro e Dança da Paraíba | 2001 | Peça Hello Boy
Infância Clandestina | 2012
Promoção
Reel Mayana Neiva
Mayana Neiva
Atriz

SOBRE

Mayana Neiva descobriu sua vocação para atuar ainda no ensino médio, quando estudava nos EUA. Quando voltou para o Brasil, com 19 anos, Mayana foi coroada Miss Paraíba em 2003 e foi representar seu estado no Miss Brasil. Apesar de não trazer a coroa, ela recebeu a faixa de Miss Simpatia. Em seguida, se mudou para São Paulo para se dedicar à carreira de atriz.

Além de atriz, Mayana se graduou em 2009 no curso de Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Ela também é formada em Artes Dramáticas pela Universidade de San Francisco, na Califórnia, Estados Unidos e em agosto de 2011, Mayana lançou seu primeiro livro infanto-juvenil, Sofia. A artista é formada em Letras pela PUC-SP.

A estreia na TV Globo aconteceu em 2007, na minissérie A Pedra do Reino, de Luiz Fernando Carvalho. Em seguida, engatou em um trabalho em outro, como em Queridos Amigos (2008), Som & Fúria (2009), Dalva e Herivelto – Uma Canção de Amor (2010). Fez a modelo Desirée na novela Ti-Ti-Ti, integrou o elenco de Cordel Encantado (2011) e foi a grande vilã de Amor Eterno Amor (2012). Atuou, ainda, nas novelas Sangue Bom (2013), O Outro Lado do Paraíso (2017) e Éramos Seis (2019–20).

Nos palcos, sua estreia aconteceu em 2001, com a peça Hello Boy, ganhando o prêmio de Atriz Revelação na Mostra Estadual de Teatro e Dança da Paraíba. No ano seguinte atuou na montagem Paixão de Cristo: O Auto de Deus (2002) e fez, e em seguida, os espetáculos A Cantora Careca (2003), Olerê! Olará! (2009) e Cowboy Mouth (2014).

A atriz tem uma premiada carreira no cinema, tendo feito longas brasileiros e estrangeiros, como O Silêncio da Chuva (a ser lançado), de Daniel Filho, Águas Selvagens (2018), de Roly Santos, Para Minha Amada Morta (2015), dirigido por Aly Muritiba, que lhe rendeu o prêmio de melhor atriz no Festival Guarnicê, O Tempo que Leva (2013), curta de Cíntia Domit Bittar, 2013) e Infância Clandestina” (Benjamín Avila, 2011). Fez, ainda, a série Rotas de Ódio como protagonista (Universal, 2019-20), e outras como Encerrados (Netflix Espanha, Argentina, EUA, 2018) e El Hipnotizador (HBO, 2015).

 

CINEMA

Longas-metragens

  • Silêncio da Chuva | a ser lançado | Direção: Daniel Filho
  • Águas Selvagens | 2018 | Direção: Roly Santos | Personagem: Rita
  • Beiço de Estrada | 2018 | Direção: Eliézer Rolim | Personagem: Dora
  • Para Minha Amada Morta | 2015 | Direção: Aly Muritiba | Personagem: Raquel
  • O Vendedor de Passados | 2015 | Direção: Lula Buarque | Personagem: Stella
  • Infância Clandestina | 2011 | Direção: Benjamin Avila | Personagem: Carmem
  • Os Normais 2: A noite mais Maluca de Todas | 2009 | Direção: José Alvarenga Júnior | Personagem: Francesa

Curtas-metragens

  • Idée Fixe | 2016 | Direção: Nidheya Suresh e Ahlan Williams | Personagem: Oja Kadar
  • O Tempo Que Leva | 2013 | Direção: Cíntia Domit Bittar | Personagem: Jamila

TELEVISÃO

Novelas

  • Éramos Seis | 2019 | TV Globo – Direção: Carlos Araújo | Personagem: Karine
  • O Outro Lado do Paraíso | 2017 | TV Globo – Direção: Walcyr Carrasco | Personagem: Leandra
  • Sangue Bom | 2013 | TV Globo – Direção: Dennis Carvalho | Personagem: Charlene
  • Amor Eterno amor | 2012 | TV Globo – Direção: Pedro Vasconcelos | Personagem: Maria do Amparo e Falsa Elisa
  • Cordel Encantado | 2011 | TV Globo – Direção: Amora Mautner | Personagem: Vicentina
  • TiTiTi | 2010 | TV Globo – Direção: Jorge Fernando | Personagem: Desirée

Séries

  • Rotas de Ódio | 2018–20 | Universal – Direção: Susanna Lira | Personagem: Carolina Ramalho
  • A Vida Secreta dos Casais | 2018 | HBO – Direção: Carlos Alberto Riccelli | Personagem: Cassandra
  • Encerrados | 2018 | Netflix – Direção: Benjamin Avila | Personagem: Prostituta
  • O Hipnotizador | 2015 | HBO – Direção: José Eduardo Belmonte | Personagem: Mariela
  • Derci de Verdade | 2012 | TV Globo – Direção: Dennis Carvalho | Personagem: Olímpia
  • Batendo Ponto | 2011 | TV Globo – Direção: José Lavigne | Personagem: Vitória Guimarães
  • Dalva e Herivelto | 2010 | TV Globo – Direção: Dennis Carvalho | Personagem: Conceição Sílvia Torelly
  • Som & Fúria | 2009 | TV Globo – Direção: Fernando Meirelles | Personagem: Fada Madrinha
  • Queridos Amigos | 2008 | TV Globo – Direção: Denise Saraceni | Personagem: Karina
  • Pedra do Reino | 2007 | TV Globo – Direção: Luiz Fernando Carvalho | Personagem: Heliana e Onça Caetana.

TEATRO

  • Cowboy Mouth | 2014
  • Olerê! Olará! | 2009
  • A Cantora Careca | 2003
  • Paixão de Cristo: O Auto de Deus | 2002
  • Hello Boy! | 2001

LITERATURA

  • Sofia | 2011 | Editora Grafset

PRÊMIOS

  • Indicada a Melhor Atriz no Festival Guarani de Cinema | 2017 | Longa Para Minha Amada Morta
  • Melhor Atriz no Festival Guarnicê de Cinema | 2016| Longa Para Minha Amada Morta
  • Melhor Atriz no Festival Cinema com Farinha | 2014 | Curta O Tempo Que Leva
  • Atriz Revelação no Prêmio Qualidade Brasil | 2010 | Novela TiTiTi
  • Melhor Atriz Coadjuvante pelo Prêmio Contigo! de TV | 2010 | Novela TiTiTi
  • Atriz Revelação no Melhores do Ano da TV Globo | 2010 | Novela TiTiTi
  • Indicada a Atriz Revelação no Prêmio Contigo! de TV | 2008 | Minissérie Queridos Amigos
  • Indicada ao Miss Brasil  | 2003
  • Miss Paraíba | 2003
  • Melhor Atriz no Festival de Teatro de Guaçuí | 2001 | Peça Hello Boy
  • Atriz Revelação na Mostra Estadual de Teatro e Dança da Paraíba | 2001 | Peça Hello Boy
Infância Clandestina | 2012
Promoção
Reel Mayana Neiva